image-title

Está chegando ao Brasil a Dooper UP, uma garrafa para água 100% sustentável. Nascida na Holanda em 2010 a Popper é uma empresa B certificada. Fazem parte do um movimento global das chamadas empresas B, no qual pessoas se utilizam da força dos negócios para causar impacto positivo.

Captaneada pela holandesa radicada no Brasil, Ellen Sluis, o projeto nasceu em 2015 de um encontro inusitado no Brasil com o CEO e fundador da Dopper Merijn Everaarts. “Inicialmente a ideia era trabalhar em parceria com projetos urbanístico-ambientais com foco na gestão de resíduos, poluição, no complexo do alemão” lembra Ellen. A ideia acabou não avançando e ela, se tornando embaixadora da Dopper no Brasil.

Da vinda para o Brasil, durante as olimpíadas, a princípio para chamar atenção a respeito do lixo marinho, acabou nascendo a idéia de produzir o produto aqui. Projeto pioneiro para empresa que ainda concentra toda a sua produção na Holanda.

A empresa tem como foco, a redução do descarte de plástico e o aumento do consumo de água filtrada, tanto para o consumidor final quanto em comunidades carentes.

Segundo Merijn “A Dopper é uma empresa social e nós estamos aqui para causar um impacto positivo, não pensamos somente no lucro. Ainda há muito a se fazer em relação ao conhecimento sobre a poluição do uso de plástico descartável e o acesso à água limpa no Brasil, por isso esse país é tão interessante para a Dopper, que tem a missão de levar mensagens de consciência ambiental. Foi muito difícil para mim imaginar que um país como o Brasil, que tem uma das maiores reservas de água doce no mundo, ainda não consegue abastecer uma parte da população com água filtrada.”

A privatização da água engarrafada em plástico causa impactos irreparáveis desde as fontes, passando pela água que bebemos até os oceanos. É urgente repensar de forma circular essa lógica. Ainda segundo Merijn, “a água da torneira não está disponível em todos os lugares ao redor do planeta, nem mesmo no Brasil, que conta com a maior reserva de água doce do mundo, e ainda assim, não há consciência suficiente sobre a poluição de plástico.” Por essa razão 5% de todos os rendimentos brutos obtidos com as vendas das garrafas são reservados a Fundação Dopper, que tem a missão de oferecer acesso à água filtrada para o máximo de pessoas no mundo, fornecer educação, por meio de palestras, seminários e atividades externas, como também investir os projetos de água e saneamento no Nepal, em comunidades remotas com escassez de água potável. Olhando do ciclo da água da fonte ao consumo e trabalhando para a fim do uso da água envasada em plástico. Além disso através do Dopper Academy, a empresa investe em pesquisadores pelo mundo que trabalham com pesquisa sobre lixo marinho, consumo consciente, impacto do plástico, a exemplo do investimento em uma pesquisa com uma bactéria capaz de digerir as moléculas do plástico o transformando em biodegradável.

Com o projeto do crowdfunding a Dopper está chegando ao Brasil, inovando com o primeiro produto fabricado fora do seu país de origem e a primeira Dopper feita a partir de plástico reciclado. Preocupada com todo o seu ciclo de produção, a fabricação da garrafa está estabelecendo toda uma lógica de produção, desde a coleta do resíduo. Estabelencendo parcerias com coletivos e cooperativas de coleta, passando pela rastreabilidade da resina necessária para produção de produtos em contato com alimentos, certificação, até a conscientização social, educação ambiental para limpeza de rios e oceanos e redução da poluição das águas.

“Desde a vinda da Dopper para o Brasil, tive vontade de implementar o projeto da Dopper por completo aqui e fazer uma inovação no material da garrafa, fazendo ela a partir de PET reciclada. Iniciamos o crowdfunding para esse projeto se tornar realidade aqui no Brasil.” Diz Ellen.

A Dopper não quer ser apenas qualquer garrafa de plástico, quer ser uma marca com uma missão. E tem o objetivo alcançar um mundo em que as pessoas sejam conscientes do meio ambiente em que vivem, onde a quantidade do uso de plástico descartável seja reduzida, e onde todos, próximos e distantes, tenham acesso à água potável. É por isso também que a Dopper é uma B Corporation. “nós não queremos apenas ser os melhores do mundo, mas especialmente o melhor PARA o mundo.”

Na visão do seu fundador “O design pode mudar qualquer coisa. Eu me inspiro no design e eu acho que fazendo belos produtos de design, que são feitos com e para um mundo consciente. Podemos inspirar as pessoas a utilizar apenas esses produtos na vida diária.”

É hora de nos engajarmos coletivamente e contribuirmos para o inicio da produção da Dopper no Brasil. Vamos com a gente?

Crowndfunding: www.benfeitoria.com/dopperup
Site Oficial: www.dopper.com.br

Anderson Falcão

Anderson Falcão has blogged 270 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *